Durante todo o ano, os pontos turísticos de Gramado atraem milhares de viajantes brasileiros e latinos que estão a procura de um pedacinho da Europa no Brasil.

Com arquitetura super charmosa, boa gastronomia e atrações para todas as idades, a cidade é um ótimo destino para as férias. Fica a apenas 115km da capital do Estado e o lindo caminho que sobe a serra, rodeado de plátanos, é a recepção perfeita.

1 – Igreja Matriz São Pedro Apóstolo

Igreja de Pedra, Gramado
Igreja de Pedra, Gramado – Foto: Adobe Stock

A grande igreja de pedra é uma dos pontos mais fotografados de Gramado. Ela foi construída originalmente de madeira em 1917 e, em 1943, foi reformada e revestida de pedra.

No belo jardim em frente à atração há um termômetro, o qual é disputado pelos turistas em busca de registros do frio do inverno gramadense.

PUBLICIDADE

Localização: Avenida Borges de Medeiros, 2659, no Centro.

Valor: gratuito.

Melhor Época para visitar: Nos meses que aproximam o Natal, a Igreja recebe uma linda decoração natalina. Nessa época, ela fica ainda mais linda.

2- Mini Mundo

Mini mundo em Gramado
Mini mundo em Gramado – Foto: Dreamstime

Fazer com que os visitantes se sintam gigantes é o objetivo do Mini Mundo. O parque recria cidades brasileiras e europeias em miniatura com réplicas cheias de detalhes.

Algumas chegam a ser 24 vezes menores do que as originais. O local também possui uma cafeteria, loja de souvenirs e espaço de recreação para as crianças.

Localização: Rua Horácio Cardoso, 291, bairro Planalto.

Valor: Os ingressos custam R$36 para adultos e R$18 para idosos, estudantes e crianças de 3 a 15 anos. O parque funciona todos os dias das 8h30 às 18h.

Melhor Época para visitar: O parque costuma receber menos público de segunda à quinta-feira, sendo estes os melhores dias para visitação.

Cuidado: O parque é ao ar livre, por isso, o passeio está sujeito à interferência da chuva.

3 – Palácio dos Festivais

Palácio dos festivais em Gramado
Palácio dos festivais – Foto: Dreamstime

Ao lado da Igreja Matriz está o Palácio dos Festivais. Há 45 anos, ele sedia o Festival de Cinema de Gramado que premia atores e filmes brasileiros e latinos.

No andar superior do prédio, os visitantes podem conhecer o Museu do Festival de Cinema, que conta a história do evento, além de tomar um café com vista para o centro da cidade.

Em frente ao teatro, está o caminho das estrelas, uma espécie de “Calçada da Fama”, onde foram gravadas as mãos de importantes artistas brasileiros.

Localização: Avenida Borges de Medeiros, 2697, no Centro.

Valor: o acesso ao Palácio é gratuito todos os dias. Há sessões de cinema no local às sextas, sábados e domingos às 20h30.

Melhor Época para visitar: Em agosto, mês em que ocorre o Festival de Cinema, o acesso ao Palácio não é livre para o público geral.

Entre outubro e janeiro, é realizado no local o Show de Acendimento que marca o momento no qual as luzes de Natal são acesas no Centro de Gramado.

Receba emails com os melhores descontos, promoções de passagens e ofertas de viagem! 

4 – Rua Coberta

Rua Coberta - Ponto Turístico de Gramado
Rua Coberta – Imagem: DepositPhoto

Para quem estiver no Palácio dos Festivais, basta atravessar a rua para encontrar a Rua Coberta, que liga a Avenida Borges de Medeiros a Rua Garibaldi.

O local abriga diversos restaurantes e lojas, além de sediar diversos eventos culturais e feiras ao longo do ano.

Localização: Rua Madre Verônica, no Centro.

Valor: A circulação no local é gratuita. As lojas funcionam, em geral, até as 19h e os restaurantes e cafés até a meia noite.

Melhor Época para visitar: A época das celebrações de Natal é a mais movimentada por lá, mas também uma das mais bonitas.

5 – Lago Negro

Lago Negro em Gramado - Lindo local
Lago Negro – Foto: Adobe Stock

Durante sua estada em Gramado, reserve um dia para curtir a manhã no Lago Negro – um dos mais bonitos pontos turísticos de Gramado.

Lá é possível admirar o lago rodeado pela floresta negra, andar de pedalinho, fazer piquenique e caminhar pelas trilhas.

Localização: Rua A. J. Renner, Bairro Planalto, a cerca de 2,5 km do Centro.

Valor: A entrada no parque é livre. Para andar de pedalinho, o valor é R$20 no Cisne para duas pessoas e R$30 na Caravela para dois adultos e 2 crianças de até 8 anos.

Melhor Época para visitar: A primavera e o verão são as épocas em que o parque está mais florido e cheio de hortênsias.

6 – Le Jardin Parque de Lavanda

Em uma propriedade de 3,5 hectares, está o Le Jardin, um belíssimo parque que abriga espécies inéditas de lavandas no Brasil, além de diversas flores exóticas.

Lá os visitantes podem contemplar o jardim,  conhecer a estufa de produção de flores, fazer umas comprinhas na loja temática e se deliciar com um incrível apfelstrudel (torta de maçã).

Localização: Rodovia RS 115, 37700, bairro Várzea Grande. A 4,5 km do Centro.

Valor: Os ingressos custam R$10 por pessoa – crianças até 7 anos não pagam. O parque abre de terça-feira a domingo, das 9h30 às 17h30, mas o café e as estufas funcionam até as 17h.

Melhor Época para visitar: Entre setembro e novembro é o melhor período para visitar, já que é a época em que as lavandas florescem. Mesmo assim, o parque é colorido o ano inteiro.

7 –  Praça das Etnias e Casa do Colono

Exuberante Praça das Etnias em Gramado
Exuberante Praça das Etnias em Gramado – Foto: Adobe Stock

A Praça das Etnias é um dos pontos turísticos de Gramado também frequentados pelos locais. Ela foi criada para homenagear os colonizadores da região: portugueses, alemães e italianos.

E a praça cheira a pão quentinho! Isso porque, ao longo do dia, pães e cucas são assados nos grandes fornos de barro e vendidos lá mesmo.

Lá também é possível visitar a Casa do Colono, que vende produtos coloniais deliciosos.

Localização: Av. Borges de Medeiros, 1848, no Centro. Ao lado da Rodoviária da cidade.

Valor: a visita à praça é gratuita. A Casa do Colono abre das 9h às 12h e das 13h30 às 18h30 de segunda a sexta e das 9h às 18h30 nos finais de semana. Produção de cucas e pães nos fornos acontece nas quartas, sextas, sábados e domingos.

Melhor Época para visitar: A atração pode ser visitada o ano inteiro.

8 – Rua Torta

Rua Torta - Ponto turístico de Gramado
Rua Torta – Um dos pontos turísticos de Gramado / Depositphoto

Inspirada na Lombard Street, a famosa rua cheia de curvas de São Francisco, na Califórnia, a Rua Torta de Gramado chama atenção dos visitantes.

Além das curvas, ela possui árvores e flores coloridas pelo caminho, o que a deixa ainda mais charmosa.

Localização: Rua Emilio Sorgetz, 120, bairro Planalto, em frente à Praça das Etnias.

Valor: A visitação à rua é gratuita.

Melhor Época para visitar: A primavera é a época em que a rua está mais florida.

Cuidado: A rua possui circulação de veículos. Por isso, é preciso ter cuidado na hora de posar para a foto.

9 – Mirante Belvedere do Vale do Quilombo

Partindo do Centro, caminhe cerca de 10 minutos até o mirante para contemplar uma das vistas mais bonitas da região: o Vale do Quilombo.

Os 850m de altitude te fazem parecer pequeno em meio à imensidão da natureza. O lugar também rende belas fotografias.

Localização: Avenida das Hortênsias, 2536, bairro Vila Suíça. A menos de 1 km do Centro.

Valor: O mirante é gratuito.

Melhor Época para visitar: O Vale do Quilombo é lindo em qualquer época do ano.

Cuidado: O mirante fica às margens de uma avenida bastante movimentada e, por isso, é preciso ter cuidado.

10 – Mundo do Chocolate

Mundo do chocolate em Gramado
Mundo do chocolate em Gramado – Foto: Dreamstime

Já imaginou se a Torre Eiffel fosse feita de chocolate? No parque Mundo do Chocolate esse e outros pontos turísticos famosos são esculpidos em chocolate!

São cerca de 200 peças espalhadas pelos 3 mil metros quadrados da atração. Lá há também uma loja e uma cafeteria, além de uma mini fábrica, onde os visitantes são convidados a criar sua própria arte de chocolate.

Localização: Av. Borges de Medeiros, 2497, no Centro de Gramado.

Valor: Há várias categorias de ingressos que variam de R$14 a R$64 e podem ser adquiridos no site.

Melhor Época para visitar: O parque abre todos os dias a partir das 9h30. De segunda a quinta-feira a atração é menos movimentada.

Cuidado: A temperatura do parque é mantida a 18°C para conservação das esculturas. Por isso, para quem é mais sensível ao frio, vale levar um casaco leve.

11 – Lago Joaquina Rita Bier

Lagoa Joaquina Rita Bier em Gramado
Lagoa Joaquina Rita Bier em Gramado – Foto: Dreamstime

O Joaquina Rita Bier é um lago artificial localizado próximo ao Centro de Gramado. Cercado por lindas araucárias, ele é super convidativo para uma caminhada.

Na época do Natal Luz, ocorre no Lago o espetáculo Nativitaten, um show de águas, luzes e ópera.

Localização: Rua Leopoldo Rosenfeld, 919, bairro Planalto, a menos de 1 km do Centro.

Valor: A visita ao parque é gratuita e aberta diariamente.

Melhor Época para visitar: Vale a pena visitar o lago na época do Natal e curtir o espetáculo Nativitaten.

12 – Snowland

O Snowland é um dos pontos turísticos de Gramado mais inusitados! Trata-se de um parque fechado com a primeira Montanha de Neve do Brasil – e é neve de verdade e temperaturas entre -3°C e -5°C!

Lá é possível esquiar, patinar, descer no Mega Tubing e muito mais. Além disso, há no local opções de alimentação, aluguel de roupas de esqui e uma espetáculo teatral.

Localização: Rodovia RS 235, 9009, bairro Carazal, em Gramado.

Valor: O passaporte para um dia no parque custa R$169 para adultos, R$139 para crianças (de 04 a 11 anos), R$84 para idosos e estudantes. A compra pode ser feita no site.

Melhor Época para visitar: O Snowland abre de quinta a terça-feira, das 10h às 17h. Os dias com menos movimentação são segunda e terça-feira.

Cuidado: É necessária a apresentação de um documento de identificação para entrar no parte. Crianças menores de 12 anos só podem entrar acompanhadas dos pais.

13 – Aldeia do Papai Noel

A Aldeia do Papai Noel é o único parque temático de Natal do Brasil. Ele é  cheio de atrações para a família toda, mas costuma encantar principalmente as crianças.

É possível visitar a Casa do Papai Noel, a Fábrica de Brinquedos, o trenzinho, o monotrilho e o trenó voador, as renas do Papai Noel e muito mais.

Localização: Rua Bela Vista, 353, no Centro de Gramado.

Valor: Os ingressos para adultos custam R$39, para crianças (de 2 a 12 anos) custam R$26 e para idosos custam R$19. O parque funciona todos os dias das 9h às 19h30.

Melhor Época para visitar: Mesmo sendo uma atração natalina, o parque pode ser visitado o ano inteiro.

14 – Museu Medieval Castelo Saint George

Para quem procura por atrações turísticas menos óbvias em Gramado, o Museu Medieval é uma ótima opção.

Ele está situado dentro de um castelo de pedra e está repleto de pinturas, mapas, brasões, facas, armas, espadas e armaduras que levam o visitante de volta aos tempos medievais.

Localização: Rua Júlio Hanke, 94, bairro Avenida Central, a cerca de 2 km do Centro.

Valor: O ingresso custa R$25 para adultos e R$15 para pessoas acima de 65 anos. Crianças até 9 anos não pagam.

O museu funciona de terça a quinta-feira das 13h30 às 17h45 e de sexta-feira a domingo das 10h às 11h45 e das 13h30 às 17h45 – com exceção dos domingos que fecha a 16h.

Melhor Época para visitar: O museu pode ser visitado o ano inteiro.

15 – A Mina

Na Mina de Gramado, os visitantes podem explorar o subterrâneo de uma mina de ametista, passando por um túnel de 80 metros, onde é possível contemplar tesouros feitos de ametista, ágata, citrino e quartzo.

Lá também há um museu que possui um acervo de pedras preciosas brasileiras, indianas, mexicanas e de diversas outras nacionalidades.

Localização: Rodovia RS 235, Km 31, Bairro Carazal.

Valor: Adultos pagam R$ 20 e estudantes, idosos e crianças pagam R$ 10. A atração funciona de terça-feira a domingo, das 9h30 às 17h40.

Melhor Época para visitar: Terça a quinta-feira são os dias menos movimentados na Mina, que pode ser visitada o ano inteiro.

16 –  Gramado Zoo

Preocupado com a preservação da fauna brasileira, o Gramado Zoo abriu suas portas em 2008 para cuidar de animais com risco de extinção.

Os visitantes podem caminhar pelo zoológico e conhecer as diversas espécies que vivem por lá sem grades ou jaulas. Durante o passeio, placas informativas contam ao público um pouco sobre cada animal e seu habitat natural.

Localização: Rodovia RS 115, km 35, bairro Varzea Grande, a cerca de 7km do Centro.

Valor: Adultos de 16 a 59 anos pagam R$66, crianças de 3 a 15 anos e adultos a partir de 60 pagam R$33.

O ingresso é válido para duas atrações em conjunto: o Gramado Zoo e o Parque Gaúcho. O zoológico fica aberto diariamente das 10h às 18h30.

Melhor Época para visitar: O zoológico pode ser visitado o ano inteiro. O único dia em que está fechado é 25 de dezembro.

17 – Parque Gaúcho

O Parque Gaúcho é um parque temático no qual o visitante faz uma imersão na cultura gauchesca e aprende um pouco mais sobre a história e os costumes do povo que vive no Rio Grande do Sul.

Lá também há um restaurante onde o público pode degustar deliciosos pratos típicos do Estado.

Localização:  Rodovia RS 115, km 35, bairro Varzea Grande, em Gramado, ao lado do Gramado Zoo.

Valor: Adultos de 16 a 59 anos pagam R$66, crianças de 3 a 15 anos e adultos a partir de 60 pagam R$33.

O ingresso é válido para duas atrações em conjunto: ao Parque Gaúcho e ao Gramado Zoo. O parque funciona todos os dias, das 10h às 18h30.

Melhor Época para visitar: É possível visitar o parque o ano inteiro. Os dias de menor movimento são de segunda a quinta-feira.

18 – Rótula das Bandeiras

Ao caminhar pela cidade, vale parar na Rótula das Bandeiras para tirar uma fotografia. Esse ponto turístico de Gramado foi criado para homenagear os estados brasileiros.

Por isso, foram hasteadas as bandeiras de cada um ao redor de um lindo jardim. No meio da rótula está uma réplica gigante do Kikito – a famosa estatueta do Festival de Cinema de Gramado.

Localização: Avenida Borges de Medeiros, próximo ao Lago Joaquina Rita Bier.

Valor: gratuito.

Melhor Época para visitar: Na primavera, as flores da rótula estão ainda mais coloridas.

19 – Alemanha Encantada

Em frente ao Lago Negro, o parque Alemanha Encantada leva os turistas à Bavária graças ao cenário e arquitetura alemã.

De longe, é possível avistar a Torre da Princesa Rapunzel de 19,5 m de altura por onde os visitantes podem admirar a vista do lago.

Lá também há um Bier Garten que oferece um cardápio repleto de pratos típicos do país germânico.

Localização: Avenida das Hortênsias, 5507, em frente ao parque Lago Negro.

Valor: A entrada no parque custa R$5 por pessoa. Já a subida na torre custa R$ 10 para adulto e R$ 5 para crianças de 6 a 12 anos.

O parque fica aberto diariamente das 10h às 18h, exceto nas quartas-feiras, e o restaurante funciona das 11h às 18h.

Melhor Época para visitar: O parque pode ser visitado em todas as épocas do ano.

20 – Vinícola Ravanello

Passeio na Serra Gaúcha combina muito com vinho! Na Vinícola Ravanello, é possível fazer um tour guiado passando pelas videiras até a estocagem da garrafa de vinho.

A visitação dura cerca de 50 minutos e inclui a degustação de três vinhos – e os visitantes levam para casa uma linda taça.

Localização: RS 235, km 28,3, bairro Carazal, em Gramado.

Valor: A visitação guiada custa R$45 por pessoa, mas menores de 18 anos acompanhados não pagam. Ela ocorre de segunda a sábado às 10h, 11h, 14h, 15h e 16h.

A loja da vinícola pode ser visitada de segunda a sábado das 09h30 às 12h e das 13h30 às 17h15.

Melhor Época para visitar: De janeiro a março será possível ver o vinhedo cheio de uvas!

Cuidado: Em caso de chuva, a visitação é feita apenas na parte interna da vinícola.