Uma cidade que olha para o futuro, sem esquecer do seu passado. Berlim é multicultural, cheia de história e arte. É com certeza uma das capitais do mundo que mais merecem a sua visita.

Seja em um dia ou em uma semana, a lista de o que fazer em Berlim é extensa e abrange diversos museus, galerias de arte, parques, monumentos históricos e restaurantes típicos.

Localização

A capital é também a maior cidade da Alemanha. Berlim está localizada no Nordeste do país, próximo à fronteira com a Polônia.

O que fazer em Berlim em 1 dia

1 – East Side Gallery

East Side Gallery - Galeria de Artes
East Side Gallery – Galeria de Artes

A partir da iniciativa espontânea de artistas do mundo inteiro, um trecho de mais de 1,3 km que foi preservado do Muro de Berlim, às margens do Rio Spree, tornou-se a maior galeria a céu aberto do mundo.

PUBLICIDADE

Ela foi inaugurada em 1990 e restaurada em 2009. São 101 grandes imagens pintadas diretamente no muro, representando liberdade e esperança de uma sociedade mais humana e livre.

Localização: Mühlenstraße, no bairro de Friedrichshain. A estação mais próxima do Galeria é a Warschauer Straße e é possível chegar de trem (S-bahn), metrô (U-bahn), tram e ônibus.

Valor: gratuito.

2 – Portão de Brandenburgo

Portão de Brandenburgo em Berlim
Portão de Brandenburgo

No dia 9 de novembro de 1989, milhares de pessoas se reuniram ao redor do Portão de Brandenburgo para comemorar a queda do Muro de Berlim.

A antiga porta da cidade foi inaugurada em 1791 e restaurada entre 2000 e 2002. Hoje é reconhecida como símbolo da liberdade e da união da Alemanha.

Localização: Pariser Platz, próximo à estação Brandenburger Tor de trem.

Valor: gratuito.

3 – Alexanderplatz

Praça Alexanderplatz em Berlim
Praça Alexanderplatz em Berlim – Bigstock

A primeira parada em Berlim deve ser obrigatoriamente a Alexanderplatz. Uma das maiores praças da cidade, ela é cercada por lojas e restaurantes e, por isso, recebe milhares de turistas, inclusive à noite.

Lá encontram-se algumas atrações como a Fonte da Amizade Internacional e o Urani-Weltzeituhr – um grande relógio que aponta o horário em diversas cidades do mundo.

O local é ainda um grande centro de transportes, onde é possível pegar metrô, trem ou ônibus para todos os cantos da capital.

Localização: Bairro de Mitte, em Berlim.

Valor: Gratuito.

4 –  Torre de TV (Fernsehturm)

Torre de TV Berliner Fernsehturm em Berlim
Torre de TV Berliner Fernsehturm em Berlim – Bigstock

Ainda na Alexanderplatz, não deixe de visitar a Torre de TV. Ela foi inaugurada em 1960 e é considerada um dos pontos turísticos mais importantes de Berlim.

Com 386 metros, é também uma das construções mais altas da Europa. Ao subir seus 147, é possível apreciar a vista 360° no deck de observação ou curtir uma refeição no restaurante panorâmico.

Localização: Alexanderplatz, bairro de Mitte.

Valor: Para o deck de observação, adultos pagam € 15,50 e crianças a partir de 4 anos pagam € 9,50. Estudantes têm desconto de 20%.

PUBLICIDADE

É possível comprar o fast track no site por € 19,50 por pessoa. Para o restaurante, o valor é € 23,50 por pessoa para uma mesa na janela ou € 19,50 por pessoa para uma mesa no círculo central do salão – a refeição não está inclusa no valor.

5 – Palácio de Reichstag

Palácio de Reichstag
Palácio de Reichstag – BigStock

A apenas 500 metros do Portão de Brandemburgo está o Palácio de Reichstag, a sede do Parlamento Alemão (Bundestag).

O gigantesco prédio de estilo neo renascentista foi palco de importantes momentos da história alemã, como o proclamação da República da Alemanha em 1918 por Philipp Scheidemann.

Em frente à construção, está a Platz der Republik, uma belíssima e ampla praça de onde o palácio pode ser admirado e fotografado.

Localização: Platz der Republik, no centro de Berlim. A estação mais próxima é Bundestag do metrô.

Valor: A cúpula e o terraço do Palácio podem ser visitados gratuitamente, mas o passeio deve ser agendado com antecedência pelo site.

6 – Memorial aos Judeus Mortos na Europa

Memorial aos Judeus Mortos na Europa em Berlim
Memorial aos Judeus Mortos na Europa em Berlim – Bigstock

Sob um trecho da antiga “faixa da morte” do Muro de Berlim, próximo ao Portão de Brandemburgo, está o memorial que também é conhecido como Memorial do Holocausto.

Ele foi inaugurado em Maio de 2005 para homenagear os quase 6 milhões de judeus que foram vítimas do Holocausto Nazista.

Receba emails com os melhores descontos, promoções de passagens e ofertas de viagem! 

São 19 mil metros quadrados preenchidos por 2.711 blocos de concreto, além de um Centro de Informações com detalhes biográficos e informações sobre a história e memórias as famílias judias.

Localização: Cora-Berliner-Straße, no Centro de Berlim, próximo ao Portão de Brandemburgo.

Valor: gratuito.

7 – Potsdamer Platz

Potsdamer Platz, em Berlim - Diversos prédios altos
Potsdamer Platz, em Berlim – Bigstock

A Postdamer Platz foi quase inteiramente destruída durante a Segunda Guerra e teve de ser reconstruída. Hoje é o um centro com diversos prédios altos e moderno e é considerada um dos símbolos da nova Berlim.

Lá é possível encontrar diversas lojas, teatros, cinemas e, claro, bons restaurantes. A dica é apreciar alguns prédios como o Sony Center e o Quartier Daimler Chrysler, que possuem uma arquitetura única.

Localização: Potsdamer Straße, a cerca de 1 km do Portão de Brandemburgo. É possível chegar de metrô (U-Bahn) pela estação Potsdamer Platz.

Valor: gratuito.

O que fazer em Berlim em 2 dia

1- Olympiastadion

Estádio Olímpico de Berlim: Vista aérea - Para visitar na capital Alemã
Estádio Olímpico de Berlim: Vista aérea – Bigstock

Mesmo quem não gosta de esportes deve incluir o Olympiastadion na lista de o que fazer em Berlim.

O estádio foi construído para os Jogos Olímpicos de Verão de 1936 e hoje sedia os jogos do Hertha Berliner Sport-Club, o time de futebol da cidade, e é palco para grandes eventos.

É possível fazer um tour guiado pelo local, passando, inclusive, por salas nas quais os torcedores não têm acesso, e descobrir alguns dos seus segredos.

Localização: Charlottenburg, Berlim. É possível chegar facilmente pela linha U2 de metrô na estação Olympia-Stadion.

Valor: Há três tipos de tour: Highlight-Tour que dura de 60 a 75 minutos e custa entre 8 e 11; o Premium-Tour que dura 2 horas e custa entre 10 e 13; o Hertha BSC – Tour que custa entre 9 e 12.

É possível comprar ingressos na hora, mas o ideal é agendar pelo site, pois os dias de visitação podem variar.

2 – Mauerpark

Parque Mauerpark em tarde ensolarada
Parque Mauerpark em tarde ensolarada – Bigstock

Um dos trechos da antiga “faixa da morte” entre os muros que dividiam a Berlim Oriental e Ocidental é hoje o Mauerpark.

O parque é um local bastante frequentado pelos berlinenses e possui, além de um grande gramado, uma quadra de esportes, um pequeno anfiteatro e um playground para as crianças. É também um dos locais preferidos dos artistas de rua.

Localização: Bairro de Prenzlauer Berg, ao norte do centro de Berlim. Para chegar lá, é possível desembarcar nas estações Schönhauser Allee ou Eberswalder Straße do metrô (U-Bahn).

Valor: gratuito.

3 – Tiergarten

Parque Tiergarten no outono, em Berlim
Parque Tiergarten no outono, em Berlim – Bigstock

Os berlinenses consideram o Tiergarten como o “pulmão verde” da cidade. Em português, o nome significa “jardim dos animais”, já que, no passado, o parque era usado pela realeza como um campo de caça.

Hoje os quase 210 hectares recebe famílias passando, jovem se exercitando, crianças brincando e, claro, muitos turistas. Lá há diversos espaços para caminhar, lindos jardins e lagos, além de monumentos históricos.

Localização: Straße des 17. Juni, bairro de Tiergarten, entre a Potsdamer Platz e o Portão de Brandemburgo.

Valor: gratuito.

4 – Checkpoint Charlie

Checkpoint Charlie
Checkpoint Charlie, antigo Posto Militar – Bigstock

Um dos pontos turísticos mais visitados de Berlim, o Checkpoint Charlie foi o nome dado a um dos três postos militares dos Aliados na fronteira entre os lados Ocidental e Oriental da cidade durante a Guerra Fria.

Perto dali, é possível visitar também o Checkpoint Charlie Museum, o qual retrata, por meio de fotografias e documentos, histórias de fugas e tentativas de fuga de pessoas que viviam na Berlim Oriental.

Localização: Tanto o posto militar quanto o museu do Checkpoint Charlie ficam na Friedrichstraße, no bairro de Kreuzberg. A estação de metrô mais próxima é a Kochstraße / Checkpoint Charlie.

Valor: Os ingressos para o museu custam € 14,50 para adultos, € 9,50 para estudantes, € 7,50 para crianças e adolescentes de 7 a 18 anos.

Crianças até 6 anos não pagam. O audioguia pode ser adquirido por € 5, assim como a permissão para fotografar.

5 – The Story of Berlin

No museu The Story of Berlin é possível fazer uma imersão ao longo de 800 anos da cidade por meio de exposições divididas em 23 salas.

A atração é interativa, o que deixa a experiência ainda mais divertida! Um dos espaços que mais chama a atenção dos turistas é o bunker que está localizado no subsolo do museu e pode ser visitado durante o tour guiado.

Localização: Kurfürstendamm 207-208, a cerca de 6 km do Portão de Brandemburgo. A estação mais próxima é a Uhlandstraße de metrô (U-bahn).

Valor: Adultos pagam € 10, estudantes e idosos pagam € 8 e crianças de 6 a 16 anos pagam € 5. Os ingressos podem ser adquiridos diretamente no museu.

6 – Museu Histórico Alemão

Museu Histórico Alemão
Prédio do Museu Histórico Alemão – Bigstock

A história da Alemanha pode ser contemplada no Museu Histórico Alemão. O prédio em si já merece a sua atenção: com arquitetura barroca, o edifício foi usado pelo exército prussiano durante 100 anos.

Hoje ele é completado por um moderno anexo de quatro andares revestido de vidro e aço, totalizando 8 mil metros quadrados. Estão expostos lá cerca de 8 mil objetos que preservam 2 mil anos da história do país.

Localização: Unter den Linden 2, no bairro de Mitte, a cerca de 1,5 km do Portão de Brandemburgo.

Valor: A entrada é livre para crianças e adolescentes até 18 anos. Adultos pagam € 8 Euros e estudantes, desempregados e pessoas com deficiência pagam € 4 Euros.

O que fazer em Berlim 3 dias

1-  Memorial da Resistência Alemã

O  Memorial da Resistência Alemã é um centro de pesquisa e documentação sobre os indivíduos e os grupos que lutaram contra a ditadura Nazista-socialista na Alemanha entre 1933 e 1945.

É composto por uma exposição permanente e diversas exposições temporárias sobre o tema. Além dos objetos, o visitantes tem o apoio de mídias e audioguias para compreender a história da resistência.

Localização: German Resistance Memorial Center, Stauffenbergstraße, no bairro de Mitte. Ao sul do Tiergarten.

Valor: gratuito.

2 – Schloss Charlottenburg

Palácio Charlottenburg
Palácio Charlottenburg

Construído no século 17, o Charlottenburg Schloss é o maior castelo de Berlim! Foi o palácio de veraneio dado pelo Rei Friederich III para sua esposa Sophie Charlotte.

Mais tarde, ele foi ampliado e hoje é dividido em duas partes: Altes Schloss (Palácio Antigo) e Neuer Flügel (Ala Novas) – ambas são abertas para visitação.

Podem ser apreciados os luxuosos apartamentos reais, o salão de festas decorado, a coleção de porcelanas, além dos belíssimos jardins que rodeiam o castelo.

Localização: Spandauer Damm 10-22, Bairro de Charlottenburg. É possível chegar de metrô (U-bahn) ou trem (S-Bahn)

Valor: Os ingressos custam € 10 para visitar apenas o Palácio Antigo ou apenas a Ala Nova. Para visitar as duas partes, paga-se € 17. As entradas podem ser adquiridas no site.

3 – Bikini Berlin

Bikini Shopping, em Berlim
Bikini Shopping, em Berlim – Bigstock

Uma área moderna que combina moda, gastronomia, cinema, arte, compras, escritórios e um hotel: o Bikini Berlin ocupa um prédio dos anos 1950, mas é um espaço jovem super descolado e inovador. É um símbolo da história contemporânea da capital.

Localização: Budapester Straße, próximo ao Zoológico de Berlim. É possível chegar lá de metrô, trem, ônibus e tram pela estação Zoologischer Garten.

Valor: gratuito.

4 – Sammlung Boros

Já imaginou apreciar uma exposição de arte dentro de um bunker da Segunda Guerra Mundial? O colecionador Christian Boros vive com a família na parte superior do bunker e utiliza os andares inferiores para guardar sua coleção com diversas obras de artistas contemporâneos.

O Sammlung Boros é aberto ao público em um tour guiado, mas as visitas só podem ser feitas com agendamento prévio.

Localização: Reinhardtstraße, bairro de Mitte. A cerca de 2 km da Alexanderplatz.

Valor: O tour ocorre de quinta-feira a domingo e custam € 15 por pessoas. O agendamento pode ser feito no site.

5 – Markthalle Neun

Um antigo mercado que foi reaberto em 2011 para proporcionar aos berlinenses um jeito diferente de apreciar a gastronomia, conectando os moradores com os os produtores locais e com a culinária de diversos países, inclusive da ásia e da áfrica.

No Markthalle Neun é possível degustar cafés, massas italianas, pães, frutas e verduras, comida de rua, doces, salsichas e muitas outras delícias!

Localização: Eisenbahnstraße, no bairro de Kreuzberg, a cerca de 2 km do East Side Gallery.

Valor: gratuito.

6 – Mauerpark Flohmarkt

Mauerpark Flohmarkt - Feiras locais em Berlim
Mauerpark Flohmarkt, Feiras locais em Berlim – Bigstock

Alerta àqueles que estiverem na Alemanha no domingo: não se desespere ao encontrar as lojas e supermercados fechados, isso é normal por lá.

A dica é aproveitar as feiras de rua! O Mauerpark Flohmarkt é um mercado de pulgas que ocorre todo domingo no Mauerpark e recebe milhares de berlinenses e turistas.

É possível encontrar de tudo por lá: desde antiguidades, vinis, peças de roupas e acessórios até comidas de rua deliciosas.

Localização: Mauerpark, no bairro de Prenzlauer Berg. Partindo do centro, é possível chegar lá de metrô (U-Bahn) desembarcando na estação Eberswalder Straße.

Valor: gratuito.

O que fazer em Berlim a noite

1 –  Berliner Philharmonie

Prédio da Orquestra Filarmônica de Berlim
Prédio da Orquestra Filarmônica de Berlim – Bigstock

Reserve uma noite para assistir a um concerto na Berliner Philharmonie, a Filarmônica de Berlim! Seu antigo prédio foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial e, em 1963, ela ganhou um novo auditório, moderno e grandioso, que proporciona ao público e aos músicos uma experiência única a cada espetáculo.

Localização: Herbert-von-Karajan-Straße, no lado Sul do Tiergarten.

Valor: O preço dos ingressos varia de acordo com o concerto escolhido. A agenda de eventos da Filarmônica pode ser conferida online.

2 – Biergarten Schleusenkrug

Depois de um dia inteiro conhecendo os vários pontos turísticos de Berlim, relaxe tomando uma cerveja e batendo papo com os amigos.

Na cidade, há biergartens super tradicionais, entre eles o Schleusenkrug, inaugurado em 1954 pela família Fistler. As cervejas e a comida do restaurante são deliciosas.

Localização: O Schleusenkrug fica no lado oeste do Tiergarten, próximo ao Zoológico de Berlim.

Valor: Um copo de cerveja de 500ml custa aproximadamente € 4.

3 – Oranienburger Strasse

Rua central de Berlim - Oranienburger Strasse
Rua central de Berlim – Oranienburger Strasse

Localizada no bairro de Mitte, a rua Oranienburger oferece diversas opções de restaurantes e bares de várias nacionalidades e, por isso, é super movimentada no período da noite.

Ela é conhecida por ser a rua das prostitutas, mas, mesmo assim, não deixa de ser bem segura e de atrair vários berlinenses e turistas.

Localização: bairro de Mitte. Para chegar de metrô, desça na estação Oranienburger Tor.

Valor: o valor pode variar de acordo com o restaurante ou bar escolhido, mas há opções para todos os orçamentos.

4 – Hackesche Höfe

Hackesche Hofe - Bigstock
Hackesche Hofe – Bigstock

Um dos locais mais populares da noite berlinense, o Hackesche Höfe é um conjunto de oito pátios rodeados por cinemas, cafés e restaurantes, galerias, lojas e apartamentos.

Com arquitetura Art Nouveau, o complexo foi inaugurado em 1906 e sofreu grandes danos durante a Segunda Guerra Mundial. Após passar por restauração, é admirado e fotografado por turistas do mundo inteiro.

Localização: entre as ruas Rosenthaler Straße e Sophienstraße, no bairro de Mitte.

Valor: a entrada no complexo é gratuita.

5- Guindaste de algodão

Um dos melhores lugares para admirar o pôr-do-sol em Berlim é certamente o Klunkerkranich, um rooftop super badalado que fica ao sul do centro da cidade.

Além da vista para a Torre de TV  e um jardim aconchegante, o bar oferece deliciosas bebidas e um calendário variado de shows de DJs e músicos de vários países.

Localização: Karl-Marx-Straße, bairro de Neukölln. A melhor forma de chegar lá é pela estação Rathaus Neukölln da linha U7 do metrô (U-Bahn).

Valor: É cobrado em torno de  € 3 para acessar o rooftop, mas o preço pode variar.

6 – Ela

O Henne é um restaurante com mais de 100 anos que serve pratos deliciosos a preços super em conta! A decoração rústica da residência construída em 1888 é uma atração à parte.

Mas o carro chefe é mesmo o frango frio com pele crocante de comer ajoelhado de tão bom! O restaurante só abre à noite.

Localização: Leuschnerdamm 25, bairro de Kreuzberg.

Valor: O frango que é  especialidade do Henne custa € 9,40.